Nota do vereador José Nunes Segundo

Nota do vereador José Nunes Segundo

OFÍCIO DE SOLICITAÇÃO
Ofício nº 01/2017
À
Câmara Municipal de Vereadores
Município de Luís Gomes – RN

Eu, José Nunes Segundo, brasileiro, casado, farmacêutico, inscrito(a) no CPF sob o nº 012.281.444-43 e no RG nº 1.702.776 SSP/RN, residente e domiciliado à rua Lúcio Vieira Moreno, nº 148 – Centro, Cep 59.940-000, nesta cidade de Luís Gomes – RN, vem respeitosamente à presença de Vossa Senhoria solicitar a publicação da nota de repúdio do vereador José Nunes Segundo no site da Câmara Municipal de Luís Gomes, que a publicação aconteça no dia 04 de dezembro de 2017.

NOTA DE REPÚDIO

Desfecho da Reunião Ordinária de 30 de novembro de 2017

Depois de amplamente divulgado em vários canais de comunicação, venho a público expressar a minha indignação quanto à culpa a mim atribuída pela presidente a Sra. Maria Gerusa da Silva.

Em relatos extraoficiais fui culpado indevidamente de ter instigado a colega vereadora Graça Fontes a atacar a presidente da Câmara Municipal verbalmente e fisicamente.

Em nenhum momento cometi tal ato irresponsável o qual fui acusado. No momento do pedido feito pela nobre vereadora, disse e reafirmo que caso estivesse sido comigo eu teria falado, pois não aceitei e nem aceito a atitude tomada pela presidente da Casa naquela ocasião, que foi encerrar subitamente a sessão para que não fosse mais realizadas as reclamações quanto aos desmandos que vêm acontecendo na administração pública de Luís Gomes.

Diante do exposto, quero reiterar os mais sinceros votos de confiança à Câmara Municipal de Luís Gomes, entidade a qual tenho admiração e consideração com os meus pares.

Portanto, a culpa a mim atribuída pela presidente, não é verdade e não passa de um ato irresponsável por parte da presidente dessa egrégia Casa Legislativa de Luís Gomes.

Sem mais para o momento,

José Nunes Segundo”.
Certo de que a solicitação será atendida, fique com meus votos de estima e consideração.

Luís Gomes, 04 de dezembro de 2017.

 

José Nunes Segundo”.